COLABORE

Igreja

Foram entregues 24 termômetros e 15 jalecos para hospital no município de Capinzal.

17/09/2020

Sem Editoria Registrada

Em Santa Catarina os migrantes contaram com dois abrigos temporários

02/09/2020

Sem Editoria Registrada

“É o tempo de uma justiça reparadora. A este respeito, renovo o meu apelo para se cancelar a dívida dos países mais frágeis..."

01/09/2020

Institucional

O encontro conta com cerca de 50 participantes de forma virtual.

25/08/2020

Áreas de Atuação

O Projeto visa atender cerca de 160 pessoas em todo o estado até o final de 2020

25/08/2020

Geral

A Plataforma MROSC é um coletivo que atua na construção e implementação do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil

06/08/2020

NOVIDADES DOS PROJETOS

ÁREAS DE ATUAÇÃO

Convivência com os Biomas

A área de Convivência com Biomas busca valorizar e preservar a vida assim como fortalecer as lutas com posicionamentos em defesa dos povos e das comunidades tradicionais. Se insere tanto no contexto global de valorização e preservação da vida como na defesa dos povos e das comunidades tradicionais.

Economia Popular Solidária

A Economia Popular Solidária (EPS) é uma estratégia de desenvolvimento sustentável e solidário fundamentado na organização coletiva de trabalhadores e trabalhadoras. É uma importante articulação que integra campo, floresta e cidade na construção alternativa de processos coletivos e autogestionários.

Formação

A Formação é uma importante ferramenta no processo organizativo da Cáritas Brasileira. É por meio dos processos formativos que a Rede Cáritas fortalece valores e princípios que norteiam as ações da instituição, em vista da transformação social e da pastoralidade transformadora.

Gestão de Resíduos Sólidos com ênfase em catadores

A Cáritas busca valorizar catadores e catadoras de materiais recicláveis, contribuindo para a superação da pobreza e da exclusão deste segmento da população.

Meio Ambiente Gestão de Riscos e Emergências

A Cáritas Brasileira promove ações de solidariedade nacionais e internacionais para o atendimento à comunidades afetadas por desastres socioambientais ou que estão em situação de vulnerabilidade. Bem como, no trabalho para construção de comunidades mais seguras e resilientes.