No início de abril (5) a Câmara Municipal de Vereadores de Chapecó promoveu uma audiência pública para discutir o uso das sacolas plásticas nos supermercados da cidade. Estiveram presentes várias entidades civis do município, dentre elas a ASDI – Ação Social Diocesana de Chapecó, representada pela Irmã Deloci.

Na busca de alternativas que não sejam apenas imediatistas ou paliativas, discutiram-se ações concretas sobre esse problema que é relevante e muito importante para a preservação do meio ambiente.

Alguns municípios da região de Chapecó têm adotado o uso de sacolas retornáveis. Essas experiências vêm sendo produtivas e vem demonstrando resultados positivos para a proteção do meio ambiente.

Uma questão mais abrangente para que a preservação ocorra de fato é a educação ambiental para a mudança de comportamento e hábitos das pessoas. Neste ano, a Campanha da Fraternidade, que busca conscientizar as pessoas do cuidado com a Mãe Terra é um importante instrumento motivador e gerador de consciência.

Ao final da Audiência, como ato concreto, deliberou-se a participação e o fomento ao Fórum Municipal de Resíduos Sólidos já existente no município que tem o objetivo de discutir os aspectos dessas questões.

 

Por Gilberto Oliari, articulador local.