De 31 de maio a 04 de junho, a Universidade do Extremo Sul Catarinense promoveu a Semana do Meio Ambiente. Este ano, o tema escolhido foi Emergências Ambientais e Cidadania.

Durante os cinco dias de atividades, aconteceram debates e oficinas sobre a temática. No dia 02, a Cáritas Diocesana de Criciúma foi convidada a partilhar as experiências sobre as Emergências ambientais e Mudanças Climáticas. Neuza Mafra, representando a entidade, falou sobre o trabalho deselvolvido pela Cáritas em situações de emergências, citando as famílias atendidas no vendaval de 2010, no litoral sul.

Outra participação da Cáritas aconteceu no dia 03, na mesa-redona sobre Política Nacional de Resíduos Sólidos: possibilidades a partir dos movimentos sociais. Na oportnidade as entidades membro do Fórum Municipal Lixo e Cidadania (Unesc, Famcri, Cáritas, ONG Nossa Rua, Acrica, Ctmar, Movimento Pastoral do Rio Maina, Secretarias do Sistema Social e de Educação de Criciúma), expuseram seus trabalhos em comum.

 

Por Morgana Rosso, Cáritas Diocesana de Criciúma.