Na tarde de segunda-feira, dia 25 de novembro, Irmã Carmela Panini recebeu o título de Cidadã Riosulense, como reconhecimento e gratidão por sua atuação junto ao povo, em especial o mais fragilizado; pela parceria com várias entidades de cunho socioambiental. O título foi concedido em sessão solene da Câmara Municipal, junto com outros sete homenageados.

Zeli da Silva, vereadora que indicou o nome de Irmã Carmela, destacou seu serviço através da Coordenação das Pastorais Sociais, da Cáritas Diocesana, do Centro de Direitos Humanos, na parceria com a Defesa Civil nas Emergências e gestão de riscos e na área das políticas públicas, especialmente buscando a justiça socioambiental.

Falando a todos, o prefeito, Gariba, disse que essa homenagem chegou atrasada, porque há muito essas pessoas já são cidadãs de Rio do Sul, porque há muito trabalham em favor do povo deste município.

Em relação a Carmela, foi dito que não só Rio do Sul precisa de mais pessoas que façam o que ela faz, mas é o mundo que está carente de pessoas assim.

 

Muitas pessoas, representando as diversas entidades com as quais Irmã Carmela faz parceria em sua missão, (Irmãs Catequistas Franciscanas, Pastorais Sociais, CARITAS, Direitos Humanos, familiares e amigos/as), estavam presentes, solidárias nas lutas pelo bem viver e na alegria do reconhecimento público.

Ariane Gabriela em parceria com Carmela Panini.