No inicio de dezembro foi realizado no município de Lages a Oficina de Horta Comunitária, com o objetivo de recuperar o trabalho coletivo como forma de superar o individualismo imposto pelo capitalismo; resgatar a agroecologia como modo de viver, produzir e comercializar, contrapondo ao modelo capitalista; incentivar a produção, o consumo e a comercialização de alimentos saudáveis e possibilitar debate e organização de geração de renda baseada na Economia Solidária.

Participaram da oficina agentes Cáritas de diversas Cáritas Comunitárias do município de Lages e também de assentamentos da região. Essas pessoas já estão organizadas e demonstram grande interesse em construir hortas comunitárias, auxiliando as famílias e a comunidade de modo geral com a produção de alimentos saudáveis.

A oficina contou com a assessoria de Rogério Krefta que é agricultor no extremo oeste do estado extremo oeste e membro do Movimento de Pequenos Agricultores – MPA. Na região, a oficina conta além da equipe diocesana da Cáritas Diocesana de Lages, com a parceria da Comissão Pastoral da Terra.

Por: Camila Moraes de Oliveira, assistente social e articuladora local na região de Lages


No slides are available.