No dia 12 de fevereiro, quatro novos grupos de Economia Solidária concluíram o Curso de Gestão e Viabilidade Economia, organizado pelo projeto: “Fortalecendo Experiências de Economia Solidária em Santa Catarina” – FORTEES, patrocinado pela PETROBRAS e realizado pela Cáritas Brasileira Regional Santa Catarina em parceria com a Cáritas Diocesana de Tubarão.

Perseverança, esperança, coragem, alegria e um clima de solidariedade estiveram presentes durante todo o curso e que culminou com um momento celebrativo, de reflexão e entrega dos certificados. Durantes os últimos 06 meses, nos intervalos entre as etapas do curso, os grupos apresentaram iniciativas de trabalho bastante criativas e que aos poucos foram se tornando fonte de renda para as famílias. Destaca-se o grupo AROMARTES que fabricam sabão, sabonetes e outros artesanatos, utilizando aromas de plantas medicinais. O grupo favorece o cuidado com a natureza no reuso criativo do óleo de cozinha, garrafas pet, caixas de leite e retalhos. Atualmente buscam no próprio bairro (Mercado do Produtor) um espaço para comercialização dos seus produtos. Outra experiência acontece no bairro Floresta em Braço do Norte, no qual foram criados 03 (três) novos grupos de Economia Solidária. Eles receberam apoio do Centro Comunitário, CRAS (Centro de Referencia em Assistência Social), Associação de Moradores, da Cáritas e da Igreja local. A PADARIA NOSSO PÃO contou também com apoio da Cáritas na aquisição de um forno, mesa e outros utensílios para a produção. Ela oferece à comunidade pães e doces naturais, incentivando assim uma alimentação mais saudável. O grupo RESTAURARTES trabalha com artesanato e customização e está em fase de aperfeiçoamento através de cursos de formação. ORGÂNICOS VIDA SAUDÁVEL é uma iniciativa no cultivo de hortas comunitárias urbanas que visam reaproveitar também terrenos baldios para a produção de alimentos saudáveis com incentivo de consumo no próprio bairro.

Agradecemos a toda a Diocese de Tubarão pelo apoio recebido. A sociedade através das lideranças que acolheu a Economia Solidária e se abriu para o dialogo com a Igreja. A Cáritas Brasileira Regional Santa Catarina, através do projeto FORTEES e a Cáritas Diocesana de Tubarão que viabilizou esta proposta e por acreditar que “uma outra  Economia é possível”.

 Catarina De Faveri

Articuladora Local Tubarão