CABEÇALHO SITE

“Este sistema é insuportável: não o suportam os camponeses, não o suportam as comunidades, não o suportam os povos”… “E nem sequer o suporta a terra, a irmã Mãe Terra, como dizia São Francisco.” (…) “A economia não deve ser mecanismo de acumulação, mas a condigna administração da casa comum”.

(Papa Francisco – Discurso no encontro com os movimentos sociais) 

Foi com este espírito de cuidado com o meio ambiente e com a qualidade de vida foi que, na última quinta-feira (30/7), cerca de 20 agricultores e consumidores de produtos orgânicos, além de gestores públicos da Secretaria do Desenvolvimento Economia do município de Tubarão, reuniram-se para tratar da importância de produzir, comercializar e consumir alimentos agroecológicos para melhorar a qualidade de vida da população.

Este encontro foi uma iniciativa dos Empreendimentos de Economia Solidária Orgânicos Caruru e Terras de Anita, que são acompanhados pelo projeto Fortalecendo Experiências de Economia Solidária em Santa Catarina (FORTEES), realizado pela Cáritas Brasileira Regional Santa Catarina e patrocinado pela Petrobrás.

O encontro foi assessorado pelo produtor Glaico José Sell, de Paulo Lopes, e tinha como principal objetivo fortalecer a articulação entre os produtores para continuar a organização coletiva após o encerramento do FORTEES. O assessor destacou a necessidade de continuação da organização dos produtores orgânicos, buscando aperfeiçoar os produtos, desenvolvendo o aumento da comercialização e o consumo, bem como uma vida saudável.

Estimulado pelo encontro, o grupo de agricultores decidiu eleger uma equipe de coordenação e realizar reuniões mensais. “Temos uma força gigantesca…”, enfatizou o assessor Glaico Sell, ao se referir ao Papa Francisco.

 

Catarina De Faveri

Articuladora Local da Região de Tubarão