A Prefeitura de Florianópolis, por meio do Instituto de Geração de Oportunidades de Florianópolis irá formalizar em dezembro, através de um Termo de Cooperação Técnica o apoio institucional ao movimento de economia solidária na capital.

Em outubro, em parceria com a Cáritas e diversas organizações, o Instituto de Geração de Oportunidades disponibilizou estrutura e atividades recreativas para realização da Feira de Economia Solidária na Avenida Paulo Fontes, em frente ao TICEN. O objetivo é poder realizar a feira semanalmente, além da disponibilização de outros espaços de Florianópolis, para garantir a comercialização dos produtos.

Outra frente de atuação e fortalecimento da Economia Solidária em Florianópolis é através do suporte e atenção ao “Empório”, um grupo de economia solidária que utiliza um box do Mercado Público para comercialização dos produtos de mais de 15 empreendimentos.

Em dezembro, o IGEOF deverá assinar em conjunto com entidades que trabalham com a Economia Solidária em Florianópolis um Termo de Cooperação Técnica que garantirá a realização das feiras e espaços de comercialização, fortalecimento do Empório, capacitação dos empreendedores da economia solidária e divulgação dos produtos da Economia Solidária.

Segundo o Superintendente do IGEOF, “o objetivo do termo de cooperação entre o IGEOF e as entidades parceiras é garantir a institucionalidade e o fortalecimento da economia solidária em Florianópolis, gerando renda para as famílias envolvidas”.

Para Joseanair Hermes, assessora da Cáritas de Santa Catarina “O termo de cooperação mostra a importância do investimento com essa forma de economia, principalmente, no que se refere à autogestão, ao cooperativismo e ao associativismo. É uma alternativa sustentável, de desenvolvimento e crescimento familiar, além de vir ao encontro com esta realidade econômica que estamos vivenciando”.