A Oficina do projeto FORTEES estimula a organização dos catadores de materiais recicláveis em associações e cooperativas.

A região de Chapecó realizou em setembro (21) uma oficina com catadores de material reciclável interessados em conhecer mais sobre a Lei de Resíduos Sólidos (nº 12.305 de 02 de agosto de 2010) e também debater a organização em associações e cooperativas.

A oficina tem como objetivo a organização de grupos já existentes e reunir catadores interessados em organizar Empreendimentos de Economia Solidária, para que possam trabalhar despertando o cuidado a vida e o trabalho coletivo para geração de renda.

Os catadores independentes que participaram da oficina buscavam maiores informações junto aos grupos já existentes, como telefones de contatos de compradores de material e também articulação junto às entidades de apoio e articulador do projeto com a intenção de organizar-se coletivamente.

Na região, há algumas entidades que apóiam a organização e trabalho dos catadores como a Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares – ITCP, o Centro de Referência de Assistência Social – CRAS de Guarujá do Sul, agentes de pastoral de São Miguel do Oeste, e que se demonstraram mais entusiasmados na organização dos catadores.

O projeto “Fortalecendo Experiências de Economia Solidária em Santa Catarina”, realizado pela Cáritas Brasileira Regional Santa Catarina, com patrocínio da Petrobras estimula a organização dos catadores.

Estimulados pela oficina, um grupo de catadores de Guarujá do Sul com auxílio de assistentes sociais já vislumbram o nascer de uma associação. Além disso, dois grupos de Chapecó que estão começando se estruturar e buscar formas de legalizar o trabalho são acompanhados pelo projeto

 

Por Gilberto Oliari, articulador local na região de Chapecó.

No slides are available.