No dia 29 e 30 de julho aconteceu o I Seminário de Intercâmbio entre os EES e instituições parceiras da região de Tubarão, promovido pelo projeto: “Fortalecendo Experiências de Economia Solidária em Santa Catarina” – FORTEES e realizado pela Cáritas Brasileira Regional Santa Catarina com patrocínio do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania da Petrobras.

O Seminário de intercâmbio regional teve como tema central: DESAFIOS DA COMERCIALIZAÇÃO EM SANTA CATARINA e contou com 47 participantes, incluindo assessorias e membros de EES. No seu total foi possível abranger 16 EES da Região, bem como algumas cooperativas parceiras. Destaca-se a participação do coordenador do Território Serra Mar. Este fez memória dos princípios da Economia Solidária a serem implementados em todos os espaços dos empreendimentos. Com relação à temática apresentada a ITCP retomou a Economia Solidária e a necessidade de criar uma personalidade jurídica que facilite a comercialização e sugeriu que se pensasse numa cooperativa mista e que incluísse os diversos segmentos da Economia Solidária. A presença do presidente da Cooperativa Central que reúne as cooperativas da agricultura familiar lembrou que não basta apenas criar uma cooperativa e que todos os problemas serão resolvidos. É preciso pensar esta cooperativa e sua organização para que ela responda às necessidades dos EES e facilite a comercialização.

No horário da noite aconteceu a feira de exposição e troca para os EES interessados em participar e também a apresentação cultural do grupo: Arte na Praça da Secretaria de Cultura do município de Tubarão no dia seguinte os EES apresentaram a comercialização e seus desafios relacionados à mesma, sendo discutida esta questão, distribuídos três textos de estudos: Princípios da Economia Solidária; Comercio Justo e Solidário e os Princípios do Comercio Justo e Solidário. No período da tarde foi realizada uma visita à COOPERTREZE, com o objetivo de avaliar o que deu certo e o que não deu certo e quais os cuidados a serem incluídos na criação de uma cooperativa de Economia Solidária.

Destacamos algumas expressões dos participantes na avaliação do intercâmbio:

“Esse encontro eu enxerguei uma luz no fim do túnel na comercialização, desta vez, acho que vai dar certo para todos”. (Ermeli)

“Este foi um dos encontros mais importantes que eu participei. Desta vez vou sair mais fortalecida do que eu esperava. Somos uma só família e vai dar certo para todos”. (Meri)

“Temos muitas dificuldades e pedras no caminho, mas hoje vemos que é possível vencer”. (Maria)

“O seminário conseguiu alcançar todos os seus objetivos, especialmente porque aqui teve representação de quase todos os grupos. Gostaria ainda de lembrar que quando se trabalha em grupo é preciso ter sempre presente: respeito pelo jeito de pensar do outro, companheirismo e solidariedade. É preciso continuamente aprender a ouvir e ser honesto frente ao processo”. (Aline)

 

 

Catarina De Faveri

Articuladora Local – Tubarão