O Movimento de Mulheres Camponesas de Morro da Fumaça visitou no dia 25 de abril, a propriedade do agricultor Orivaldo Turossi, no distrito de Estação Cocal. O objetivo da visita foi de acompanhar o sistema de plantio diversificado e o plano de manejo sustentável, desenvolvido pelo agricultor com apoio da Epagri.

Após percorreram as áreas do sítio, as mulheres partilharam suas experiências e acompanharam a apresentação do Projeto Fortalecendo Experiências de Economia Solidária em Santa Catarina. Além do curso sobre Viabilidade e Gestão de Economia Solidária, as integrantes do movimento se interessaram pelas oficinas de agroecologia: Horta Comunitária e Sementes Crioulas.

Para a coordenadora do movimento, Maria Janete Sorato da Soller estas iniciativas são importantes para a agricultura. Servem de incentivo para as mulheres agricultoras permanecerem no campo, além de gerar economia e qualidade de vida a toda a família”, coloca a coordenadora.

Por Morgana Rosso, jornalista e Articuladora Local em Criciúma.