A feira Regional de Economia Solidária aconteceu nos dias 10 a 12 de janeiro de 2014, na Praça do Vila Mar Grosso, Laguna. Contou com a participação de 21 EES – Empreendimentos de Economia Solidária da Região, incluindo artesanatos em geral panificados, sucos e geleias e produtos orgânicos da região. É um evento organizado pelo Fórum Regional de Economia Solidária, que já tornou-se uma prática anual na região de Tubarão, fazendo parte do calendário do município de Laguna. A feira acontece sempre no mês de janeiro, na época de veraneio e visa ser um espaço de comercialização integração dos empreendimentos solidários, formação e divulgação da Economia Solidária.

A primeira feira Regional de Economia Solidária, aconteceu em 2012 e foi patrocinado pelo: “Fortalecendo Experiências de Economia Solidária em Santa Catarina” – FORTEES e realizado pela Cáritas Brasileira Regional Santa Catarina com patrocínio do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania da Petrobras. No qual apresentou em um de seus objetivos específicos: “Apoiar e fomentar a comercialização, a articulação com os fóruns e inclusão em redes e cadeias”. Frente ao sucesso conquistado nesta primeira experiência o Fórum Regional se reorganizou e solicitou apoio à Cáritas Nacional e Diocesana, a fim de que a Feira se concretizasse também em janeiro de 2013 e assim sensibilizasse as autoridades locais a fim de perceber a importância de que a mesma tivesse visibilidade e fosse uma prática anual no mesmo local. Desta feira merece destaque o interesse por parte de outros municípios para que os EES estivessem presentes nas feiras já promovidas por ocasião do aniversário dos municípios da região. Para 2014, o Fórum Regional de Economia Solidária iniciou as discussões com 06 meses de antecedência, a fim de que seja incluída no orçamento do município de Laguna. Contou ainda apoio e patrocínio de instituições parceiras que acreditam na Economia Solidária como uma prática de produzir, trocar e consumir em que respeite a inclusão social.

A Feira Regional de Economia Solidária é um espaço formativo, desde a sua organização, nos dias em que a feira acontece, até o compromisso coletivo de avaliação da mesma.  Para a isso são organizadas comissões de serviços, no qual todos participam no processo. Durante a feira são organizados ainda momentos específicos de formação no qual os EES participam e também estendem o convite aos visitantes da feira. A cada vez mais percebe-se o compromisso e interesse dos feirantes em participar dos momentos formativos, nos quais incluem momentos místicos, estudo, avaliação e troca de saberes. Neste ano os feirantes refletiram sobre: Políticas Públicas em Economia Solidária e Desenvolvimento Sustentável. É preciso pensar a Feira Regional de Economia Solidária como uma Política Pública em construção no qual somos protagonistas da história. No entanto está história precisa ser construída por pessoas conscientes da sua realidade, no qual a comercialização esteja em consonância com a sutentábilidade, pois, precisamos estar atentos de que não podemos “Comprar coisas que não precisamos. Construir coisas que não precisamos para agradar quem não tem nada com a vida da gente”. (João Antolino – professor da UNISSUL). A Feira dá visibilidade à Economia  Solidária na região e permite o comprometimento de mais pessoas com está mesma causa acreditando que a solidariedade transforma e constrói.

Catarina De Faveri – Articuladora Local do Projeto FORTEES – Fortalecendo Experiências em Economia Solidária