O projeto Fortalecendo Experiências de Economia Solidária (FORTEES) realizou na última sexta-feira, 24 de abril, na região de Florianópolis, a 4ª e última etapa do Curso de Gestão e Viabilidade Econômica para Empreendimentos de Economia Solidária. Ao longo dos dois anos desta segunda fase de execução do projeto FORTEES, foram realizadas quatro etapas do curso com temas e subtemas voltados ao protagonismo dos empreendimentos estruturalmente solidários.

A atividade, assim como as duas últimas, foi realizada nos espaços da Paróquia Santíssima Trindade, no bairro Trindade, em Florianópolis, numa importante parceria para o projeto, considerando o espaço físico e a localização de fácil acesso.

Desde a primeira etapa se buscou trabalhar o significado e origem da Economia Solidária e a identidade dos empreendimentos – um processo de convencimento dos representantes dos empreendimentos da necessidade de um trabalho formativo sobre como planejar, organizar e cuidar da sustentabilidade do empreendimento e da importância dessa formação para alcançar melhorias nos resultados econômicos e sociais do mesmo.

O curso também levou aos empreendimentos outros elementos informativos que possibilitassem ampliar seus conhecimentos e contribuir para a elaboração de um plano de negócio, de fundamental importância na execução das ações em conjunto com todos os integrantes dos grupos e associações, seguindo o princípio da autogestão na economia solidária. As assessorias ficaram sob a responsabilidade de Eduardo Rocha, coordenador administrativo do Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo (CEPAGRO) e da Cáritas Regional SC.

Participaram das etapas representantes dos seguintes grupos e entidades: Grupo de Artesãos e Artistas Independentes – GAAI / CRAS Rio Tavares; Associação Linda Mente; Centro de Atenção Psicossocial / CAPS; Projeto Estampa Livre / Pastoral Carcerária; Associação de Artesãos e Artistas Plásticos de Itapema (AAAPI) – FORTEES; Associação de Artesãos de Artistas Plásticos de Porto Belo  (AAAPPB) / FORTEES; Associação Artesanato Mulheres Que Criam/ FORTEES; Associação Artesãos de Navegantes (Artesanave); Programa Mesa Brasil – SESC; Grupo Abelhas; Sociedade Espirita Obreira da Vida Eterna (SEOVE); Sociedade Espirita de Recuperação Trabalho e Educação (SERTE) e Casa do Hemofílico.