A experiência de organizar e participar de uma Feira de Economia Solidária despertou os Empreendimentos de Economia Solidária – EES (cooperativas, associações e grupos informais) da região de Tubarão para reorganizarem o Fórum Regional da Economia Solidária na região de Tubarão. A Feira, que aconteceu nos dias 13 a 15 de janeiro, em Laguna- SC, é parte do projeto “Fortalecendo Experiências de Economia Solidária em Santa Catarina” – FORTEES, realizado pela Cáritas Brasileira Regional Santa Catarina com patrocínio do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania da Petrobras e parceria com a Cáritas Diocesana de Tubarão.

Essa articulação teve início nos dias 26 de abril e 03 de maio quando estiveram reunidos no prédio da Rádio Tubá cerca de 30 pessoas com o objetivo de discutir problemas comuns aos EES da região, sendo a comercialização, um dos grandes entraves para o desenvolvimento da Economia Solidária.

Os participantes discutiram diversas propostas a fim de favorecer a comercialização dos produtos, dentre elas as feiras solidárias são espaços que permitem a participação de todos os empreendimentos. Foram levantadas algumas possibilidades e discutidas as viabilidades de participação destes espaços. O Fórum retomou ainda, a discussão de organizar a 2ª Feira de Economia Solidária no município de Laguna, conforme planejamento na avaliação da mesma. Para isto discutiu-se a elaboração de projetos que possibilitem recursos a fim de que a feira seja concretizada. A criação de um Centro Regional para a Comercialização dos produtos da Economia Solidária animou a todos e motivou para a discussão de que o local e o espaço para a sua instalação proporcionem a participação dos EES. Também se discutiu a necessidade de criar pequenas feiras móveis, com barracas conjugadas e que possam ser transportadas para regiões diferentes, a fim de que seja uma feira itinerante.

O Fórum reúne-se ordinariamente todos os meses e com reuniões extraordinárias para que as propostas acima apresentadas sejam viabilizadas e concretizadas o mais breve possível a fim de que a Economia Solidária na seja apenas uma alternativa, mas também um modo de viver.O Fórum de ECOSOL é um espaço de discussão e partilha onde os EES podem viver a solidariedade também nas dificuldades e buscar soluções coletivas aos problemas enfrentados. Exige ainda a mobilização na busca de recursos que facilitem a comercialização dos produtos.

Por Catarina De Faveri, articuladora local na região de Tubarão.