Durante os dias 15 e 16 de março, o Fórum de Jovens da Cáritas Internationalis se reuniu em Roma para avaliar a caminhada dos últimos dois anos e planejar as ações do próximo período (2018 – 2020). Participaram da reunião representantes da América Latina e Caribe, América do Norte, Ásia, Oriente Médio e África do Norte, África, Oceania e Europa. O Fórum foi constituído na última Assembleia Geral da Cáritas, em 2015, com o objetivo de ser um espaço de intercâmbio de experiências entre as organizações membro, além de facilitar processos que garantam maior participação juvenil nos espaços da Cáritas em suas diversas instâncias.

O grupo já havia se reunido por redes virtuais, mas essa é a primeira vez que se encontram presencialmente. Por isso, durante os dois dias de trabalho, foi possível revisar os termos de referência do Fórum e, com isso, elaborar um plano estratégico apresentando a missão, visão, objetivos específicos e estratégias.

Juventudes como sujeitos

O assessor nacional da Cáritas Brasileira, Leon Souza, participa do Fórum representando a região da América Latina e Caribe, junto com Victor Castro, da Cáritas El Salvador. Leon diz que “o fórum quer ser um espaço de encontro dos jovens que atuam na Cáritas. Já avançamos muito no reconhecimento das juventudes como sujeitos que assumem a missão da Cáritas, que são apaixonados pela dimensão social da evangelização e tem um compromisso com a justiça, os direitos humanos, as políticas públicas. Para avançar, o fórum quer proporcionar espaços de intercâmbio das experiências juvenis ao redor do mundo, mas também envolver jovens nos espaços de reflexão, gestão e decisões da Cáritas.

De acordo com o assessor, além das reflexões sobre o plano estratégico do Fórum, o grupo também apontou elementos para a participação da Cáritas no Sínodo 2018 sobre Juventudes, para a Jornada Mundial da Juventude 2019 e para a próxima Assembleia Geral da Cáritas Internationalis, em maio do próximo ano. Nas próximas semanas, toda a Rede receberá o plano estratégico do Fórum de Jovens e poderá se envolver nas atividades propostas, conectando-se com outros jovens que assumem a missão da Cáritas em diferentes territórios mundiais.

Reunião pré-sinodal

Em Roma, o assessor nacional da Cáritas Brasileira Leon Souza participa também de outro momento importante para as juventudes no mundo, a reunião pré- sinodal convocada pelo papa Francisco e que reúne cerca de 300 jovens dos 5 continentes, de várias religiões e também ateus, a partir de hoje (19), até sábado, (24). Neste encontro, eles serão ouvidos e suas colaborações utilizadas para preparar o Sínodo, cujo tema será “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”. O Sínodo de outubro se ocupará dos problemas dos jovens e buscará adequar sua linguagem ao uso das novas tecnologias para aproximar-se a eles, segundo o documento preparatório divulgado em 2017.

Após o encontro com o papa Francisco nesta segunda-feira (19), os jovens brasileiros ressoaram as palavras do papa e o desafio de ser protagonista de um momento tão importante para a juventude católica.

Por Jucelene Rocha
Rede de Comunicadores/as
Cáritas Brasileira
Com informações do Vatican News