Segundo Moacir Gadotti (Economia Solidária como Práxis Pedagógica,2009),”a economia solidária é antes de tudo um processo contínuo de aprendizado de como praticar a ajuda mútua, a solidariedade e a igualdade de direitos no âmbito dos empreendimentos e ao mesmo tempo fazer com que estes sejam capazes de melhorar a qualidade de seus produtos, as condições de trabalho, o nível de ganho dos sócios, a preservação e recuperação dos recursos naturais colocados à sua disposição. O aprendizado se estende naturalmente também à prática de comércio justo entre os empreendimentos e aos relacionamentos solidários com fornecedores e consumidores, sem esquecer as práticas de participação na política e na cultura do país, da região e do mundo.”

 Tendo como base essa teoria que vem mostrar um jeito diferente de produzir e comercializar, é que alguns grupos de produtores aqui dos arredores de nossa região, se organizam junto ao Fórum de Economia Solidária, constituído pelos próprios empreendimentos e algumas instituições que defendem e apoiam essa causa (Unesc, Cáritas, etc…) e realizam além de outros eventos, semanalmente nas dependências da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), a feira de Economia Solidária, expondo e comercializando seus produtos e obtendo assim, para além de uma fonte de renda, maior visibilidade a este jeito de movimentar a economia, na perspectiva de que “outra economia é possível”.

 Entre esses grupos que ali se encontram, temos o grupo de Escamas de Peixe, do Balneário Rincão, o qual faz parte do Projeto FORTEES II. O grupo produz artesanato com as escamas do peixe. Suas integrantes são pessoas daquela comunidade pesqueira, que ganham a vida por meio da pesca, mas encontraram com o apoio do projeto, a oportunidade de se sentirem valorizadas e obter mais uma fonte de renda, o que vem contribuir para a sua qualidade de vida e das famílias. Recentemente o grupo foi convidado pra assessorar um curso com escamas de peixe para mulheres pesqueiras em Fortaleza/Ceará, e lá receberam um outro convite, esse além mar: expor seus produtos em Milão em 2015.

 

Maria Salete

Articuladora local da região de Criciúma