Seguindo a proposta do FORTEES II, em manter contato com os grupos de Economia Solidaria formados na primeira fase do projeto. Viu-se a necessidade de visitar os membros dos grupos para apresentação da nova articuladora que estaria à frente do projeto e também para convidá-los para as Feiras de Ecosol, Fóruns, intercambio e outras atividades com a Proposta de Fortalecimento de Experiências de Economia Solidária.

A conversa ocorreu na sede de coleta da associação, espaço cedido pela prefeitura. Espaço este que conta com salas de reuniões, cozinha equipada, espaço para a coleta e classificação dos produtos vindo das famílias associadas. O representante e a secretaria nos receberam muito cordialmente, falando das lutas que tem enfrentado para conseguir manter a associação em perfeita harmonia. Conhecemos os ambientes da sede, e as instalações para classificação dos produtos, adquirido com recurso da primeira fase do projeto FORTEES.

Um dos avanços importante que o grupo esta visando e a proposta de montar um café colonial, nas dependências da sede, que fica as margens da SC 477, e não possui  este tipo de atendimento.

Vendem seu produto direto ao consumidos, e os membros retêm 10% da receita. O grupo demonstrou interesse em participar das atividades oferecidas pelo Projeto FORTEES.