CABEÇALHO SITE

Desde 2008, o bairro Brasília de Criciúma tem um dos Empreendimentos de Economia Solidária que mais se destaca na região. O Recriarte é composto de de 17 mulheres, a maioria donas de casa que encontram, nos momentos vivenciados no grupo, a oportunidade de elevar a autoestima, se relacionar com outras pessoas, adquirir conhecimento para a vida. É também uma oportunidade de contribuir com a renda mensal das famílias, com o que produzem e comercializam como EES.

O início do grupo foi motivado e acompanhado pelo Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) do bairro Brasília, e é lá até hoje a sala onde realizam suas atividades. Foi um dos grupos pioneiros no modo de produção inclusiva do município. Fica evidente, pelo modo como produz e se constitui, a valorização dos princípios da Economia Solidária. As integrantes do grupo buscam o uso de materiais reciclados para a produção, evitando desperdícios, dando oportunidades para que todas as participantes tenham vez e voz, e comercializando com preços justos, fazendo a divisão dos lucros com igualdade e justiça.

Entre os produtos do Recriarte destacamos os panos de pratos decorados e bordados; pesos de porta; almofadas de fuxicos; patch works em geral; guirlandas com motivos comemorativos e artesanatos diversos. O grupo se preocupa em buscar novidades e inovar em tendências, mas sempre buscando conservar suas características de EES. Recentemente voltou a participar das reuniões do Fórum de Economia Solidária, com o objetivo de agregar ainda mais conhecimento e informações sobre políticas públicas e estar integrar-se aos demais EES da região.

Em relação a participação no projeto FORTEES, o grupo Recriarte se diz privilegiado pela oportunidade de ter participado,  e poder adquirir conhecimentos e experiências para crescer e se fortalecer, por meio de todas as atividades propostas pelo projeto.

Maria Salete Furlan Sartor