Cartilha sobre Gestão de Risco e Desastre produzida pela Ação Social Arquidiocesana de Florianópolis – ASA potencializará o trabalho já iniciado em 2011

O projeto Gestão de Risco e Desastre iniciado em 2011 finalizou sua primeira etapa com um balanço muito positivo.  A partir das capacitações realizadas nos municípios de Brusque, São José, Palhoça e Florianópolis, com desdobramentos para os municípios de Botuverá, Guabiruba, Porto Belo e Biguaçu, foi realizado troca de experiências entre profissionais da Defesa Civil, Secretarias de Habitação, Corpo de Bombeiros, profissionais das áreas de direito e geologia, lideranças comunitárias, além das ações sociais paroquiais e seus voluntários.
O objetivo do Projeto é a construção de comunidades mais seguras nos municípios da Arquidiocese de Florianópolis, através da formação e capacitação das entidades sociais e lideranças comunitárias para atuarem em situação de risco e desastre.   Para 2012 as ações propostas visarão:

  • Fortalecer os vínculos da população com a Defesa Civil e com o tema nos municípios;
  • Difundir a temática para lideranças comunitárias e a população vulnerável;
  • Capacitar entidades sociais e lideranças comunitárias sobre o tema;
  • Fomentar o surgimento dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil – NUDEC´s e
  • Núcleos Comunitários de Gestão de Risco e Desastres;
  • Fomentar a elaboração do Plano Preventivo aos eventos climáticos;
  • Desenvolver eventos específicos sobre gestão de risco e desastres.

Além dessas ações, a publicação da cartilha sobre Gestão de Risco e Desastres “Construindo Comunidades mais Seguras” propõe uma aproximação das organizações comunitárias e o protagonismo das pessoas em situações adversas da natureza, com
orientações para a execução das quatro etapas quem compreendem a administração do desastre: prevenção; preparação; resposta e reconstrução.

A proposta da ASA para 2012 é que ocorra a adesão de novas ações sociais, paróquias, pastorais e movimentos ao projeto.

Por Maria Antonia Karsten, da equipe da ASA.
—————————————————————————————————————————————————————————————————————