Nos dias 17 e 18 de maio, em São Paulo, Brasil, representantes de diferentes denominações religiosas, teólogos, economistas, especialistas em desenvolvimento e cooperação ecumênica, discutirão no 3ª Diálogo sobre Ética e Economia, três temas centrais da reunião G20, que acontecerá na Argentina em 2018:

1) Desigualdades e justiça de gênero

2) Direitos e sistemas de proteção social

3) Desenvolvimento extrativista e inclusivo

Este diálogo é convocado pelo Secretariado para a América Latina e Caribe da Pastoral Social – Cáritas (SELACC), o Departamento de Justiça e Solidariedade do Conselho Episcopal Latino-Americano (DEJUSOL-CELAM), o Programa Internacional sobre Democracia, Sociedade e novas economias da Universidade de Buenos Aires (PIDESONE), o Centro Regional Ecumênico (CREAS) e a Rede Global de Ética (GLOBETHICS). Dá continuidade a um processo de reflexão realizado em dois diálogos anteriores sobre ética e economia.

O objetivo desses diálogos é contribuir para o desenvolvimento de um documento que integra recomendações e contribuições para promover um modelo de desenvolvimento humano integral, com base no conhecimento e experiência com comunidades de fé e organizações religiosas na América Latina e o Caribe, que vêm trabalhando para cumprir a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Este documento será apresentado no âmbito da reunião do G20 em setembro de 2018 na Argentina. O terceiro diálogo sobre ética e economia terá quatro painéis dedicados à análise dos seguintes tópicos:

  • Desigualdades estruturais e justiça de gênero
  • Extrativismo e Desenvolvimento Humano Inclusivo
  • Sistemas de proteção social, automação e proteção do trabalho
  • Arquitetura Financeira Internacional

Este espaço terá a participação de representantes da Aliança de Igrejas Presbiterianas e Reformadas da América Latina (AIPRAL), o Conselho Mundial de Igrejas (CMI), a Secretaria para a América Latina e Caribe da Pastoral Social, a Cáritas Brasileira, o Escritório para a América Latina da Christian Aid e da coalizão global de igrejas e organizações religiosas da ACT Alliance. Participará também a ex-ministra do Desenvolvimento Social do Brasil, Teresa Campello, o Representante Residente do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) na Argentina, Rene Mauricio Valdes e especialistas reconhecidos de universidades e institutos de pesquisa na América Latina e no Caribe.

Com informações do Centro Regional Ecuménico de Asesoria y Serviço (CREAS/Act Alianza)