Representantes do Fórum do Lixo e Cidadania de Criciúma participaram no dia 13 de dezembro, da Tribuna Livre na Câmara de Vereadores de Criciúma. Nas falas do professor Mario Ricardo Guadgnin e do catador João Batista Delfino, solicitações de revisão do contrato de coleta seletiva e da inclusão dos catadores no processo de gerenciamento de resíduos sólidos.

“A partir de 2014, os municípios não poderão mais colocar materiais não decompositores em aterros sanitários”, alertou o professor sobre as exigências da Política de Resíduos Sólidos. Segundo ele, que também é consultor do Ministério do Meio Ambiente, os municípios têm até o dia 02 de agosto de 2012, para enviar projeto de gerenciamento. Após esta data, recursos serão cortados pelo Governo Federal.

Na oportunidade foi formalizada a solicitação de uma audiência pública para debater o gerenciamento de resíduos sólidos em Criciúma, ação já encaminhada pelo Fórum Ampliado, realizado em novembro. A mesma teve aprovação da Câmara e ocorrerá no dia 29 de fevereiro de 2012, ainda sem local definido.

Trabalho com os/as catadores/as

A Caritas Diocesana de Criciúma participa do Fórum Lixo e Cidadania e apoia as iniciativas de inclusão e organização dos catadores e das catadoras. Assim como em 2011, A Cáritas promoverá em 2012, atividades especificas para os trabalhadores e as trabalhadoras de materiais recicláveis.

Por Morgana Rosso, jornalista e articuladora local na região de Criciúma.