Frente ao capitalismo e suas consequências cruéis para grande maioria da população, as novas formas de produção e consumo pautadas por ideais de justiça social e solidariedade, resultam em múltiplas alternativas que buscam soluções para as situações de vulnerabilidade, assim como a constituição de um novo modelo de produção e sociedade.

Muitas pessoas e famílias que se encontram nessas situações precisam encontrar alternativas que possibilite uma atividade que lhes proporcione um rendimento econômico. Sendo a Economia Solidária promotora da inclusão social através dos empreendimentos, da organização produtiva com autogestão, democracia participativa, e comprometida com a inserção social. O Projeto FORTEES viabiliza, através de oficinas, capacitações, cursos, entre outros, possibilidades de conquista de melhores condições de vida para muitas pessoas.

A Oficina ECOSOL realizada no mês de abril de 2014, em parceria com o CRAS do Centro do município de Florianópolis, foi um importante motivador, o ponto de partida para os primeiros passos de um grupo de mulheres que, fortalecidas a partir da compreensão que tiveram na oficina, iniciam uma caminhada para realização de atividades na linha do artesanato. O grupo se reuniu para, juntas, identificar as habilidades de cada uma e qual produto poderiam desenvolver onde todas pudessem contribuir já que cada uma trabalha em uma atividade diferente. A partir da conversa, ficou definido que o grupo iria unir as habilidades e concentrar as atividades na produção de materiais de papelaria.