O município de Agrolândia tem dois novos grupos de Economia Solidária. Os grupos foram constituídos junto ao CRAS e ao Projeto FORTEES. Ambos têm como objetivo de trabalho a costura, já que na região atividade predomina, vem tendo diversos avanços e algumas das mulheres participaram de um curso de costura ofertado através do PRONATEC.

As mulheres que formam os grupos estão empolgadas para começar a trabalhar, já que a maioria delas está desemprega

da e sem uma renda fixa. A partir disso, elas viram na economia solidária uma oportunidade de trabalho diferenciada, fora dos moldes exploratórios encontrados no mercado de trabalho atual.

A dificuldade no momento esta sendo em relação às maquinas, já que sem estas não é possível dar inicio aos trabalhos. No entanto, os grupos acreditam que logo isso será resolvido pois elas estão se articulando para isso.

É gratificante ver mulheres assim determinadas em busca de melhores condições de vida, não só para si, mas também para suas famílias.

Ariane Gabriela

Articulado Local do Projeto FORTEES na região de Rio do Sul