Treze grupos de Economia Solidária estiveram representados na 4ª Etapa do Curso de Gestão e Viabilidade Econômica de Empreendimentos Solidários (ES) realizada nos dias 10 e 11 de abril, em Chapecó. A etapa ocorreu, no Centro Diocesano de Formação e os participantes estudaram a dinâmica de elaboração do Plano de Negócios, com foco em Contabilidade básica e Plano Financeiro.

Nesta etapa, esteve presente o economista Mairon Edegar Brandes, especialista em Economia Solidária, que ajudou os grupos a desenvolverem atividades práticas para a elaboração do Plano de Negócios e aproximou alguns conceitos de contabilidade e economia do dia a dia dos ES.

Grupo de trabalho no curso de gestão e viabilidade econômica em Chapecó

Para Paulo Dal Puppo, membro de um empreendimento de economia solidária no ramo de horta comunitária e participante do curso, “esta etapa foi fundamental para aprimorar as práticas de gestão e controle do negócio, bem como perceber seus riscos e possibilidades”. Também acompanharam as atividades membros da Cáritas Regional e da Ação Social Diocesana (ASDI).

O curso é oferecido pelo Projeto Fortalecendo Experiências de Economia Solidária em Santa Catarina (FORTEES) realizado pela Cáritas Brasileira Regional Santa Catarina e parceria da Ação Social Diocesana, com Patrocínio do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania da Petrobras e tem como objetivo qualificar os Empreendimentos de Economia Solidária aprimorando a gestão e a viabilidade econômica para o aumento na renda gerada.

Os 23 participantes assumiram como compromisso, lançar a semente de um planejamento mais detalhado junto aos seus empreendimentos, de forma a fazer com que todos os membros tenham noção e participação na elaboração do Plano de Negócios.

O projeto FORTEES dará o auxílio e acompanhamento através das visitas do articulador local. No decorrer do ano, ainda serão realizadas mais duas etapas do curso com foco em outros aspectos do Plano de Negócios.

Por Tiago Arcego da Silva, articulador local na região de Chapecó.