Nos dias 10 e 11 de março, ocorreu em Chapecó a segunda etapa da Oficina de Comunicação Social para jovens, do Projeto Fortalecendo Experiências de Economia Solidária em Santa Catarina (FORTEES). A formação foi realizada em dois ambientes. No sábado, 10, no Alojamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e no domingo, 11, no Centro Diocesano de Formação. Assim como na primeira etapa, 14 jovens participaram da Oficina.

Essa etapa teve a presença de três assessores que trabalharam temas importantes na área da comunicação, Antonio Silvio Smaniotto da TV Comunitária de Florianópolis, que trabalhou técnicas de filmagem e edição de vídeos. O jornalista, Ricardo Casarini Muzy, que trabalhou práticas de fotografia e edição de fotos e, Marcelo Luiz Zapelini que abordou técnicas de webdesign. Tais temas despertaram a criatividade dos jovens que conciliaram teoria e prática com a produção dediferentes materiais. Também acompanharam as atividades membros da Cáritas Regional e da Ação Social Diocesana.

O Projeto FORTEES é gestado pela Cáritas, com Patrocínio do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania da Petrobras. A oficina foi um ambiente importante para a articulação de um grupo autogestionário na área de comunicação. Animados com os temas, alguns jovens se colocaram à disposição para dar continuidade ao que aprenderam na oficina e, clarear mais essa possibilidade de um grupo de trabalho na área.

A Cáritas continuará auxiliando os jovens para que possam firmar a ideia de geração de trabalho e renda através da comunicação. O auxílio será facilitado com o trabalho do articulador local do projeto FORTEES.

Por Tiago Arcego da Silva, articulador local do projeto na região de Chapecó e Daiane Servo, jornalista da Mitra Diocesana de Chapecó.


No slides are available.